Você sabe o que faz um avaliador de imóveis?

Contato
O que faz um avaliador de imóveis? Rosalvo Barreto

Você sabe o que faz um avaliador de imóveis?

Você sabe o que faz um avaliador de imóveis?

O avaliador de imóveis é um profissional importante no mercado imobiliário, isso porque é ele quem atribui um valor justo a cada imóvel, de acordo com sua localização e estado de conservação.

O mercado imobiliário é um setor necessário para a sociedade. É por meio dele que as pessoas podem negociar a compra, venda ou locação de imóveis. Ou seja, ele lida diretamente com a moradia de um indivíduo. Para funcionar, conta com profissionais como avaliadores e corretores, que cuidam dos interesses de pessoas que queiram adquirir uma casa, apartamento, barracão e os mais variados tipos de imóvel de alguma maneira.

Muito se ouve falar a respeito dos corretores, afinal, são eles que intermediam as negociações referentes a esses bens. Mas, e os avaliadores, quem são?

Seja você um proprietário de imóveis ou alguém que queira seguir carreira no mercado imobiliário, é necessário entender o papel do avaliador e a sua importância. Pensando nisso, neste artigo, vamos falar sobre o que é esse profissional, o que faz, sua importância e como você pode se tornar um. Então, se é mais um interessado no assunto, acompanhe a leitura!

Quem é o avaliador de imóveis?

O avaliador do imóvel avalia a estrutura dos imóveis, saber se têm boas condições e qual o valor deles. Contudo, suas atividades não se resumem apenas a compra ou venda de casas, apartamentos e outros tipos. Ele pode ser solicitado em outras ocasiões, por exemplo, na hora de dividir uma herança.

Então, mais do que avaliar a instalação elétrica externa de uma casa e outros atributos, o avaliador ajuda a preservar a justiça na partilha de bens, atrelando um valor ao imóvel em questão.

Esse profissional emite um laudo de avaliação com base em características observadas durante a análise, que são:

  • Rede elétrica;
  • Manutenção;
  • Tamanho;
  • Localização;
  • Entre outros.

Tudo isso influencia no valor final e deve estar bem especificado no documento que irá validar a avaliação.

Importância do avaliador de imóveis

O avaliador é essencial não apenas para fazer controle de bens patrimoniais, mas também para a segurança e liquidez de negociações.

Para que um imóvel possa ser alugado ou vendido, é necessário que o bem seja devidamente avaliado. É depois disso que o seu preço é determinado, para que assim possa atrair pessoas interessadas.

Essa prática também é muito comum em processos judiciais e extrajudiciais, para provar o valor do imóvel. Exemplos dessas situações são divórcios, inventários, execuções, ações, desapropriações, indenizações e outros processos. Todos eles dependem do valor do bem para que possam ser discutidos, de modo a instruir, dentro dos moldes da justiça, as partes envolvidas.

Qual a importância da avaliação?

Se for avaliado de maneira equivocada, pode fazer com que os negócios fiquem estagnados, ou, ainda, levar a prejuízos financeiros. Pense, por exemplo, em um proprietário que investiu na reforma e modernização de uma casa, com o melhor em jardinagem e paisagismo, estruturação e materiais de construção.

Obviamente, no momento da venda ou locação, ele quer receber um valor justo. Se a casa foi bem avaliada, vai atrair mais pessoas e possibilidades. Para isso, é necessário que o profissional responsável se atente aos detalhes para estabelecer um preço. Mais do que chegar a um valor justo para venda ou locação, terá em mão a chave para a conciliação de bens e o sucesso de uma demanda judicial.

Contudo, para uma avaliação bem-sucedida, é imprescindível a participação de avaliadores experientes e capacitados, com registro no CNAI. O Cadastro Nacional de Avaliadores Imobiliários (CNAI) garante que o consultor saiba considerar as nuances do imóvel no momento da avaliação.

Esta pode ser apenas estabelecendo um valor, ou então envolvendo todo um parecer técnico acerca das condições do bem, procedimentos realizados anteriormente, como serviços de demolição e ainda respaldo para cálculos e estatísticas. Levando em conta essas informações, podemos dizer que o avaliador de imóveis é um profissional valioso que auxilia no sucesso das negociações envolvendo esses bens.

Ainda, é capaz de instruir processos variados que estejam relacionados ao valor da construção. Portanto, o avaliador de imóveis é indispensável para garantir procedimentos justos a todos os interessados.

Como se tornar um avaliador?

Os corretores são os únicos profissionais que podem se tornar avaliadores. Mas, para isso, é necessário se qualificar na área. Portanto, deve possuir o CRECI e também o CNAI. Este título é obtido após a realização do curso superior em Gestão Imobiliária. Outra opção é obter essa qualificação por meio CRECI, em uma etapa de especialização.

Inclusive, sem o CNAI, não é possível emitir o laudo de avaliação com carimbo empresarial, uma vez que o avaliador não terá condições de fazer uma avaliação técnica adequada.

A especialização fornece ao profissional o conhecimento técnico e legal para fins de avaliação. Ou seja, ele será devidamente capacitado para periciar toda a estrutura do imóvel e suas condições de uso. Também se torna apto a avaliar outros bens localizados na mesma região e com características similares. Dessa forma, consegue chegar a um valor justo, sem depreciar ou supervalorizar a construção.

Depois que fizer toda a avaliação, levantando todos os dados e informações necessárias dentro dos critérios adequados, o avaliador emite seu relatório contando, finalmente, o valor do imóvel. Ou seja, o corretor é apropriado para se tornar um avaliador porque ele já está inserido no mercado imobiliário.

Inclusive, exercer as duas funções é bastante vantajoso para esses profissionais. Isso porque o mercado está crescendo bastante. Isso se deve a muitas pessoas que buscam saber o valor de seus bens. Seja por necessidade, ou para terem uma ideia melhor de seu patrimônio.

Passo a passo para se tornar um avaliador

Se você chegou até aqui é porque está realmente interessado em adentrar esse universo e se tornar um perito avaliador. Então, vamos mostrar como alcançar esse objetivo.

O primeiro passo para ser um bom avaliador de imóveis e ter atenção a todas as características do imóvel que for avaliar, como uma sala de reunião, é fazer um curso superior de negócios imobiliários. Também pode optar pelo TTI (Técnico em Transações Imobiliárias). Caso já tenha feito o curso superior, então está habilitado para inscrever-se no CNAI.

Caso já tenha feito o TTI, é preciso seguir uma normativa do COFECI/CRECI, fazendo um curso de extensão sobre avaliação de imóveis em alguma instituição credenciada.

Ao cumprir todas essas requisições e tendo o diploma ou certificado em mãos, inscreva-se no CNAI. É recomendável que você faça um curso de Perito Judicial do PROECCI, que é oferecido gratuitamente pelo CRECI. Depois de realizar todo esse passo a passo, estude e pratique os conhecimentos obtidos todos os dias. Uma boa forma de fazer isso é elaborando 5 PTAM (Pareceres Técnicos de Avaliação Mercadológica) com o selo do CNAI.

Assim, você estará pronto quando precisar emitir esses relatórios de avaliação, incluindo informações detalhadas sobre pintura de prédios e outros dados. Depois, é necessário se cadastrar no Tribunal de Justiça do Estado, com atenção aos prazos. Esteja preparado com seus relatórios prontos, afinal, pode ser que o juiz os solicite.

Vantagens de ser um avaliador de imóveis

Os corretores que optarem pela carreira de avaliador terão acesso a muitas vantagens. Trata-se de um trabalho que exige atenção aos detalhes, e unida à corretagem, pode ser muito vantajoso.

O primeiro ponto que devemos destacar são os benefícios financeiros. Sim, saber avaliar as qualidades de um imóvel com deck de piscina pode engordar a sua conta bancária. Além dos ganhos financeiros, há também grandes ganhos de conhecimento. Isso porque, você estará munido de informações estratégicas que atribuem mais qualidade ao seu trabalho com vendas.

Por exemplo, se estiver falando com um investidor, poderá mostrar para ele como o imóvel em questão poderá se valorizar com o tempo de maneira precisa, o que se mostra muito vantajoso para ele.

Ou seja, você chegará muito mais seguro para o momento da venda, pois saberá atribuir todos os pontos positivos.

Conclusão

O mercado imobiliário oferece inúmeras possibilidades para seus profissionais e o trabalho como avaliador de imóveis é um deles.  

Essa carreira tem crescido muito entre os corretores dentro de um mercado que vem crescendo e abrindo cada vez mais espaços para quem sabe avaliar casas, apartamentos e os mais variados tipos de construção.

Tanto para auxiliar na compra, venda ou locação, quanto para oferecer suporte a demandas judiciais, o avaliador é um profissional muito requisitado.

Logo, se você está em busca de uma oportunidade ampla em sua carreira no mercado imobiliário, sem dúvidas, a profissão de avaliador foi feita para você.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe esse Artigo

Rosalvo Barreto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *