Uberização do aluguel? Como isto pode impactar a minha imobiliária?

Contato

Uberização do aluguel? Como isto pode impactar a minha imobiliária?

Como posso fortalecer a minha locação de imóveis?

Todos os setores econômicos foram impactados pela tecnologia e as novas economias, com a locação de imóveis, e o mercado imobiliário no geral, não poderia ser diferente. Apesar de ainda iniciando no mercado, algumas start ups (Proptechs) vêm revolucionando e causando disrupção (interrupção do curso normal de um processo) e quebrando velhos paradigmas. O consumidor mudou, também o ambiente de trabalho, embora o contato humano seja insubstituível, hoje já não é mais necessário se deslocar  em busca de informação. Tudo estará disponível no celular, ou seja, literalmente na palma da mão de quem precisa, o mercado se move em um ritmo mais rápido.

“Proptechs: É um termo coletivo usado para definir startups que oferecem produtos tecnologicamente inovadores ou novos modelos de negócios para o mercado imobiliário. ”

O Proptech é uma pequena parte de uma transformação digital mais ampla no setor imobiliário, pois precisamos considerar tanto a mudança tecnológica, quanto a de mentalidade do setor imobiliário, quanto as mudanças dos seus consumidores, para novas atitudes, movimentos e transações. O empresário do mercado imobiliário precisa observar além da automação de marketing, e do lead, vem aí a UBERIZAÇÃO DO ALUGUEL.

Uberização vai além de um termo da moda, praticamente substituindo o termo “Economia Compartilhada” para exemplificar inúmeros modelos de negócios que desburocratizam a relação de oferta e demanda por um serviço. Este modelo de negócio é baseado no produto e como ele é ofertado através de um serviço. Uma outra visão deste modelo é vê-lo como uma ação de transformar a maneira como consumismo, assim como o Uber mudou nossa forma de consumir o serviço de transporte, o Airbnb transformou o segmento de hotelaria. Uma outra forma de ver este modelo de negócio é a visão PEER TO PEER (pessoa para pessoa) eliminando o intermediário prestador de serviço, no caso da locação de imóveis, substituindo a Imobiliária como prestadora de serviço.

Uberização da Locação de Imóveis

Alguns sites brasileiros já se apresentam como o “Uber” do mercado imobiliário, são páginas que reúnem locadores e locatários de maneira mais prática e com garantias de preços menores do que os cobrados por imobiliária.

É natural que este fenômeno da “uberização dos negócios” provoque reações contraditórias, enquanto uns salientam suas vantagens outros realçam seus pontos negativos. O que ninguém pode negar é que vieram para ficar, e que dificilmente será possível frear seu desenvolvimento. Estamos frente a inovações nos modelos de negócios e no perfil do trabalho das imobiliárias.

Qual o modelo de negócio da sua imobiliária?

Quais os valores você entrega?

Quais são seus diferenciais,  e o mercado sabe deles?

Um modelo de negócio descreve como uma empresa cria valor, através de uma combinação de recursos externos e internos e o entrega de forma diferenciada a seus clientes, criando assim uma relação com seus clientes forte e duradora, um elo de confiança. Este elo só acontece, quando no “momento da verdade” o cliente pode perceber que tudo que foi prometido, está sendo cumprido.

Como clientes-usuários consideramos estes novos serviços como um avanço e os utilizamos no nosso dia a dia.

Mas como profissionais do ramo imobiliário, como nos posicionamos?

A digitalização dos negócios vem mudando as relações entre clientes/prestadora de serviço, em todos os segmentos de atividade afetados pela digitalização. A agilidade, rapidez, desburocratização são seus principais aliados, no entanto aprender com eles representa uma grande oportunidade, não apenas de novos negócios, mas de se rever os sistemas que antes pareciam intocáveis. Afinal o Uber não acabou com o serviço de táxi, apenas retirou do mercado aqueles que não prestavam um serviço que justificasse seus custos. Assim como Airbnb não acabou com os hotéis, apenas trouxe novas opções e uma nova forma de buscar por “hospedagem”.

O momento agora é de reinventar, e fortalecer o departamento de LOCAÇÃO DE IMÓVEIS, sem pânico, buscando sempre o fortalecimento da sua marca Imobiliária, e a apresentação dos seus diferenciais para o mercado. Deixo aqui uma pergunta para a sua reflexão:

Porque o cliente deixaria o imóvel na sua imobiliária?

Porque o cliente buscaria um imóvel na sua imobiliária?

Quer se aprofundar e profissionalizar sua equipe?

Conheça nossos cursos na área clique aqui e solicite a ligação de um dos nossos consultores.

Compartilhe esse Artigo

Rosalvo Barreto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *