Treinamento de equipes

Contato
Curso Marketing Online e Offline para Imobiliárias - Rosalvo Barreto

Treinamento de equipes

Como você, dono de imobiliária tem treinado, preparado e motivado a sua equipe?

Esse processo tem se tornado muito importante para as empresas que buscam impulsionar a produtividade de seus funcionários.
Os treinamentos de equipe podem capacitá-las para melhorar suas práticas conforme o enfoque que for dado. Investir no treinamento e desenvolvimento de equipe é saber aproveitar o recurso mais valioso da empresa: o capital humano
Não importa o tamanho de seu time de vendas: é de suma importância conceder a atendente, captador, vendedor e gerente as ferramentas que eles precisam para ser bem-sucedido, produtivo e eficiente.
Para preparar o treinamento é preciso analisar o ambiente, perceber as dificuldades e entender o que está deficitário na sua equipe. Observar quais competências estão faltando, analisar o cumprimento de metas e até mesmo realizar pesquisas de satisfação dos clientes. Com isso em mãos é possível entender os pontos críticos da equipe e focar neles no processo de treinamento.

Sendo assim podemos dividir o treinamento em três tipos:

Comportamental: é a parte em que se fala do comportamento da equipe, entre as equipes. Equipes responsáveis por tomadas de decisão precisam de um treinamento comportamental direcionado à confiança e principalmente à inteligência emocional para lidar com as consequências das decisões.

Técnico: aquele que traz o dia a dia na imobiliária. É a parte em que serão trabalhados os produtos e serviços que sua imobiliária oferece, as suas rotinas e procedimentos. Ex: como o captador abordará o cliente, quais ferramentas irá utilizar, quais clientes irá abordar.

Habilidades: aqui o treinamento das equipes destina-se para incentivar a produtividade dos colaboradores a fim de desenvolver o seu potencial máximo. Aqui, as habilidades de comunicação são trabalhadas para gerar mais confiança na hora de se expressar, negociar com fornecedores ou clientes e ganhar a empatia de possíveis parceiros. A comunicação é fundamental tanto para que a equipe tenha um bom relacionamento entre si quanto para os casos em que o contato com o público faz parte do trabalho.
Para que se tenha sucesso em seus treinamentos é preciso que você tenha objetivos claros para que o resultado final seja alcançado. Mas lembre-se de definir os objetivos em curto, médio e longo prazo. Isso porque, além de solucionar problemas pontuais (a curto prazo), o processo de treinamento de equipe pode ser um hábito contínuo e a continuidade proporciona um desenvolvimento de competências a longo prazo. Nessa etapa é muito importante focar no planejamento da sua estratégia, o que você quer mudar, melhorar ou contribuir para a formação dos seus funcionários.
Esse treinamento pode ser dado por alguém da imobiliária ou por terceiros.
Desta forma é muito importante também escolher o local onde será realizado o treinamento. Para esse momento reserve uma sala de hotel, um ambiente diferente do dia a dia dos funcionários. Propicie ele um ambiente agradável e acolhedor onde possa aproveitar o momento para desenvolver, aprender e se engajar na oportunidade que está sendo oferecida.
Uma vez que foi definido o formato do treinamento, foram definidas as estratégias, escolhido o local o treinamento deve começar. Talvez o seu maior desafio nesse momento é o engajamento dos colaboradores, como eles se envolverão e se dedicarão com todo esse processo. Por isso é extremamente importante que o responsável pelo treinamento domine o assunto, tenha clareza no que quer e adeque sua linguagem ao seu público.

Como o líder pode contribuir e motivar seus colaboradores.

Muitas vezes as empresas demoraram muito tempo para perceber que seu maior patrimônio são os seus recursos intelectuais. Investir em um bom clima organizacional, no bem-estar dos talentos e na melhoria dos processos são alguns dos caminhos para engajar e reter os melhores. Sendo assim o líder se torna figura primordial. Ele carrega a responsabilidade de motivar seu time, extraindo e desenvolvendo o melhor de cada um, criando um clima amistoso, com o propósito de direcioná-los para um melhor desempenho. Aqui vamos mostrar a importância do líder e suas qualidades necessárias para que o profissional exerça essa função com competência e efetividade. O líder precisa de inteligência e sensibilidade para sanar dificuldades de relacionamento entre os liderados, habilidade para interagir o grupo e ser um facilitador na execução das tarefas para gerir colaboradores e transformá-los em uma equipe de alta performance. Essas qualidades são internas e devem fluir naturalmente no dia a dia do líder. Mas, para liderar com resultados, são necessários outros fatores que influenciam no desempenho do setor e, automaticamente, nos objetivos positivos da empresa:

  • Saber quem são os membros de sua equipe
  • Acompanhar o resultado individual de cada colaborador
  • Estar atualizado
  • Delegar os papéis adequados a cada funcionário
  • Construir uma equipe engajada e onde cada um saiba exatamente qual o seu papel
  • Dar o feedback estruturado e adequado a cada cargo: atendente, captador de imóveis, corretor, gerente de vendas, gerente de locação e etc.

Um bom líder é aquele que desperta nos funcionários a melhoria contínua, a busca pelo aperfeiçoamento, traz novas ideias e traz a empresa pra frente. Ele precisa estar bem informado sobre as últimas tendências, estudos e conjuntos de habilidades. Existe uma diferença entre ser um líder e ser um gerente. O líder inspira confiança e o gerente confia no controle. O líder pergunta “o quê” e “por quê”, enquanto o gerente pergunta “como” e “quando”. O líder inova, enquanto o gerente administra.
Líder é uma pessoa que é capaz de monitorar e liderar um determinado grupo de pessoas assim podendo alcançar os propósitos da empresa. É de grande importância em uma organização o papel do líder, é nessa pessoa que os liderados irão se influenciar
Observar o comportamento de sua equipe é importante para o líder, onde ele sempre vai conseguir orientar de forma produtiva dentro de uma organização.
Os melhores líderes ajudam os liderados não só em relação à carreira, mas também em relação à vida pessoal. Eles os ajudam a se tornar pessoas melhores, e não apenas bons profissionais. Os líderes potencializam os liderados. E isso é muito importante, pois promover o crescimento das pessoas gera crescimento para a organização Motivar o funcionário, significa prover incentivos, para que desempenhem seu papel de maneira mais feliz, assertiva e consequentemente produtiva. Manter os colaboradores motivados é muito importante, pois um membro que esteja desmotivado dentro de uma equipe em específico pode acabar por atrasar processos e gerar impactos negativos no trabalho prestado pela empresa. É importante ter em mente que a motivação não significa entusiasmo ou disposição elevada, mas sim, que apenas todo comportamento possui uma causa.

Quais as vantagens de treinar a equipe.

Viabilizar a capacitação dos funcionários faz aumentar a produtividade e motivação, faz com eles estejam aptos a trazer ainda mais soluções e inovações no dia a dia da empresa. A qualificação de funcionários é a principal maneira de reter talentos: mais do que um salário chamativo e um ambiente agradável, ter base e recursos para a realização do seu trabalho é imprescindível.
As ferramentas de treinamento são uma forma de garantir uma atualização eficaz de colaboradores, independente da área de atuação da organização. O departamento de Recursos Humanos deve atuar como uma ponte entre os setores, fazendo com que todos possam mostrar valores e resultados de forma prática. Engajamento e competitividade são as palavras de ordem para atingir objetivos e, dependendo do caso, superar expectativas.
Desenvolver competências é o passo essencial para melhorar procedimentos e qualidade do seu produto.
O treinamento e desenvolvimento nas empresas entra em cena, trazendo recursos e auxiliando no desenvolvimento de habilidades necessárias para a realização das tarefas.
A qualificação de funcionários ocorre por meio de um processo de aprendizagem em que habilidades específicas são desenvolvidas. Trata-se de um procedimento voltado para o crescimento pessoal e comportamental do funcionário a nível de conhecimento, habilidade e atitude.

Os principais benefícios de investir em treinamentos e desenvolvimento nas empresas são:
• Desenvolvimento profissional
• Melhora o clima dentro da empresa
• Aumenta a produtividade
• Diminui a rotatividade
• Aumenta a credibilidade na empresa

Desenvolver o clima organizacional na imobiliária, seja qual for o seu porte , não é uma tarefa simples, pois exige a cooperação de todos os membros. No entanto, existem tipos de treinamento e desenvolvimento de pessoas que podem, além de capacitar os colaboradores, tornar o ambiente de trabalho mais produtivo.

Quais treinamentos você pode dar para sua equipe.

• Orientação ou onboarding:
Esse tipo de treinamento de orientação é voltado para recepcionar as novas contratações da empresa, e acontece logo nos primeiros dias do colaborador na nova função. Esse tipo de treinamento é mais voltado para a introdução do colaborador à cultura da empresa, bem como para a apresentação de objetivos estratégicos e informações relevantes sobre o cargo, departamentos e gestão. Tudo depende da empresa e das funções que o novo contratado irá exercer. Treinamento de integração tem o objetivo de preparar um novo colaborador para que ele inicie suas atividades da empresa. Esse tipo de treinamento organizacional inclui transmitir missão, visão e valores, e explicar mais sobre o papel do funcionário na equipe, para que ele entenda a sua importância na empresa e execute o seu trabalho com mais clareza e objetividade. Além disso, a integração é um exemplo de treinamento muito importante para que o colaborador possa iniciar seu trabalho com o pé direito. Problemas na integração podem resultar em demora para entregar resultados, conflitos entre a equipe, erros, etc.

• Gamificação:
É um treinamento que utiliza conceitos mecanismos de jogos para estimular um indivíduo a realizar uma determinada tarefa ou atividade. O resultado é o alinhamento entre o alcance dos objetivos da organização e satisfação pessoal e profissional. A recompensa é essencial para fazer com que os colaboradores se interajam mais com o treinamento. A gamificação pode ser feita por meio de jogos analógicos e digitais. Você pode usar xadrez, gamão, damas, Jogo da Vida, War, Detetive, Pega-varetas, Pôquer, entre outros. Outro dado interessante é que a gamificação alcançar níveis de engajamento de 80% nas ações de aprendizagem. Essa metodologia de treinamento, na prática, usa conceitos de jogos como sistemas de pontuação ou sistemas de recompensas. Ou seja, à medida que o jogador cumpre com as tarefas preestabelecidas, alcança níveis superiores. A Gamificação é direcionada para os processos da empresa, como a venda de um determinado produto, a resolução de situações do cotidiano operacional, a análise de informações para a tomada de decisões administrativas, entre muitas outras. Nesse formato de treinamento, os participantes têm interesse e curiosidades sobre o assunto pois os conteúdos são bastante dinâmicos. Para implementar essa técnica na empresa, é necessário considerar todas as etapas que levam o funcionário a ter consciência sobre os objetivos do empreendimento e suas próprias responsabilidades. O mais interessante é que colaboradores ganham recompensas por cada desafio conquistado. Dentre as mais comuns, encontra-se viagens de incentivo, cupons de desconto em lojas parceira e jantar. O processo é conhecido como funil da Gamificação e está diretamente ligado ao desenvolvimento das habilidades de liderança, além de estabelecer um vínculo de mais comprometimento entre o colaborador e a empresa. Nesse modelo, os treinamentos são aplicados em um único sistema. Além disso, você pode personalizar o conteúdo de acordo com os desafios que a sua imobiliária enfrenta no dia a dia. As empresas que usam a gamificação nos treinamentos corporativos aumentam em 4x a participação dos colaboradores.

• Treinamento para desenvolvimento de habilidades técnicas ou hard skills:
Ninguém sabe tudo. Aprender é um processo contínuo. Ter essas frases em mente é a fórmula de como montar uma equipe de sucesso. Este tipo de treinamento organizacional permite que o colaborador e sua equipe possa:

• Realizar suas atividades do dia a dia com qualidade e agilidade;
• Cumprir e superar metas;
• Alcançar o melhoramento contínuo dos processos diários de trabalho.
Imagine que uma novo sistema foi adquirido pela imobiliária, é preciso que os funcionários estejam preparados tecnicamente, para usá-la.
Um colaborador deve ser treinado sobre:
• Como seu serviço deve ser executado;
• Como funcionam os softwares, como é do dia a dia na imobiliária, como são os processos venda e locação
E para quem já sabe fazer o seu trabalho, garantimos que ainda tem mais a aprender. Os funcionários precisam se envolver em aprendizado contínuo regularmente para:

• Se manterem atualizados;
• Ampliarem sua produtividade;
• Contribuírem para o crescimento competitivo da empresa.

O treinamento técnico dá suporte para o colaborador melhorar e desenvolver suas habilidades técnicas, como manusear um novo equipamento de trabalho ou aprender sobre um novo conteúdo que impacte diretamente nas suas tarefas dentro da organização. Esse é um exemplo de treinamento muito valorizado nas empresas. Muitas organizações valorizam muito o treinamento técnico e pouco o treinamento comportamental, porém é importante dizer que os dois são fundamentais para o desenvolvimento do colaborador.

• Treinamento motivacional:

O treinamento motivacional tem o objetivo de aumentar o engajamento dos colaboradores nas suas atividades e na organização. Ele pode incluir palestras motivacionais, dinâmicas em grupo, feedbacks, convenções, momentos de confraternização, e muito mais.
Faça uma sondagem junto com sua equipe de quais assuntos interessam, quais são os pontos a melhorarem , o que realmente motiva cada um e a partir disso faça um treinamento motivacional direcionado. Ao contrário do que muitos pensam, o treinamento motivacional vai muito além de oferecer recompensas e deve atingir os mais diversos níveis operacionais, afinal os gestores também podem se sentir desmotivados com o passar do tempo.

• Treinamento online:

Muitas empresas têm dado preferência para os treinamentos online devido à praticidade que eles oferecem tanto para quem aplica, como para os alunos. Por serem fornecidos em um ambiente virtual, os colaboradores podem acessar o conteúdo de onde estiverem e a qualquer momento. Sendo assim, a organização não precisa reservar um espaço físico que comporte todos os funcionários, nem se preocupar em conciliar as agendas de todo mundo. A empresa tem a opção de elaborar as capacitações online conforme a demanda, disponibilizá-las na plataforma escolhida e liberar o acesso para os funcionários, que serão os responsáveis por se organizar para completá-los dentro do prazo. Essa flexibilidade de horários aumenta o alcance do treinamento e facilita a participação dos funcionários, que não precisam se deslocar e podem encaixá-lo em sua rotina.

• Cursos de reciclagem:

Uma rotina intensa de trabalho pode fazer com que alguns conhecimentos se percam ou se tornem defasados, principalmente aqueles mais técnicos, teóricos e que envolvam burocracias. Implementar um curso de reciclagem dentro de sua imobiliária serve para atualizar os atendentes, captadores e gerentes fornecendo as ferramentas necessárias para que eles revejam o que já sabem e aperfeiçoem suas habilidades. Os cursos de reciclagem podem ser elaborados para relembrar os profissionais de práticas e assuntos importantes e fazer com que eles estejam sempre qualificados de acordo com as melhores tendências do mercado.

• Troca de papéis:

A troca de papéis consiste em fazer com que os colaboradores aprendam e exerçam outras funções por um período determinado. Essa prática possibilita que as pessoas compreendam como funcionam todas as etapas do trabalho e identifiquem os impactos de suas ações no produto ou resultado final. Além disso, esse é um dos tipos de treinamento que incentiva o espírito de equipe dentro da empresa e o compartilhamento de saberes e experiências entre os colaboradores. Você pode trocar captadores com atendentes, gerente de vendas com gerentes de locação e ir mesclando até que todos passem por todos os cargos dentro da imobiliária e dessa forma compreendam com funciona todo o processo. Uma vez que me coloco no lugar do outro tenho a visão do que posso fazer para contribuir e agregar mais valor em todo o processo dentro da imobiliária.

• Desenvolvimento de habilidades comportamentais ou soft skills:

A postura profissional dos colaboradores de uma empresa pode fazer mais para o aumento e queda de produtividade do que você pode imaginar. Esse fator é tão poderoso quanto a habilidade técnica da sua equipe.
Entretanto, diferente do que muita gente acredita, você também pode treinar e desenvolver as habilidades comportamentais de seus colaboradores. Problemas comportamentais ou de relação social dentro da empresa afeta não apenas a qualidade do ambiente de trabalho, mas também o sucesso do negócio. Um clima organizacional ruim é uma das grandes causas das taxas de rotatividade nas imobiliárias.
O objetivo desse tipo de treinamento deve ser desenvolver um senso de equipe muito forte. A partir da colaboração entre profissionais a sua imobiliária tem muito a ganhar.
Entretanto, é preciso que a imobiliária valorize isso também na prática. Cuidado, por exemplo, ao estimular a competição individual de seus colaboradores. Existe uma linha tênue entre o desafio e a ambição prejudicial.
Em suma, esse tipo de treinamento organizacional tem o objetivo de construir uma cultura:
• de respeito;
• colaboração entre profissionais;
• estimulante para o trabalho e a busca de resultados.

A desenvoltura para trabalhar bem em grupo, a inteligência emocional e a proatividade, por exemplo, são características de um profissional com um bom desenvolvimento comportamental e que é capaz de agregar valor ao grupo, servindo como inspiração e norte para os colegas de trabalho.
Você pode trabalhar os seguintes soft skills:
• Trabalho em equipe;
• Adaptabilidade;
• Inteligência emocional;
• Negociação;
• Comunicação.
Cada colaborador tem suas características que definem sua importância para a empresa e o tornam único. No entanto, quando se fala em desenvolvimento comportamental, é importante saber quais soft skills os profissionais devem ter aprimoradas, independentemente de sua função ou cargo.
Existem diversos métodos usados para identificar as competências comportamentais em uma pessoa. Dentre os mais usados está o teste de perfil comportamental dos animais. Neste teste, normalmente guiado por um coaching, o colaborador responde um questionário com diversos adjetivos ou frases e escolhe os que mais o definem. Ao final do teste, ele será encaixado em uma definição, podendo ser analítico (lobo), relacional (gato), experimental (águia) ou controlador (tubarão).
Para responder as questões, o colaborador é influenciado diretamente por seu comportamento, suas motivações, crenças e valores. Os resultados se dividem entre os perfis comportamentais que são ilustrados por quatro animais. São eles:
• Tubarão: são as pessoas proativas, focadas em agilidade e rapidez na resolução de problemas. Uma de suas principais competências comportamentais é a liderança. Essas pessoas preferem trabalhar sozinhas, podendo ser um pouco arrogantes aos olhos dos colegas. Por esse motivo, um ponto a melhorar neste perfil é a habilidade de trabalhar em equipe;
• Lobo: são os profissionais pontuais e organizados, corretos e previsíveis. Como principais competências comportamentais deste perfil estão a ética e motivação. Apesar da dificuldade em se adaptar a mudanças, sendo esta, uma das competências a melhorar.
• Gato: são as pessoas motivadas e empáticas. Gostam de resolver conflitos, mantendo o ambiente empresarial agradável. Adoram trabalhar em equipe e se sentirem reconhecidas, pois se importam muito com as opiniões dos que estão à sua volta;
• Águia: são as pessoas intuitivas e criativas, com ampla visão de futuro. São pessoas flexíveis, mas podem ser impacientes e ter dificuldade em lidar com regras. Para se aprimorar, devem focar no presente e controlar a rebeldia.

Agora que você recebeu as informações referentes a liderança, treinamentos e motivação analise sua imobiliária e veja qual a melhor forma de desenvolver, engajar e motivar seus funcionários.

Baixe o nosso Ebook COMUNICAÇÃO E GESTÃO DE TIMES DE IMOBILIÁRIA EM HOME OFFICE

Inscreva-se no nosso canal

Está em suas mãos o sucesso da sua imobiliária. Boa sorte!!!!

 

 

Compartilhe esse Artigo

Rosalvo Barreto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *