Mercado imobiliário 2018: um ano promissor

Contato
Mercado imobiliário 2018: um ano promissor - Blog Rosalvo Barreto

Mercado imobiliário 2018: um ano promissor

Sua imobiliária está preparada para um mercado aquecido?

Qual é a sua estratégia para aproveitar este momento?

“Analistas de diversos setores não têm dúvida, a tendência de um 2018 bom para o mercado imobiliário é quase que certa. Mas nem sempre ter um mercado forte e aquecido resulta no sucesso de uma empresa.”

Quando o mercado de imóveis estava aquecido, nem todas as imobiliárias cresceram, na verdade muitas fecharam as portas. O que eu quero dizer a você é que um mercado aquecido ou desaquecido não define o sucesso da uma imobiliária. Da mesma forma que hoje, 100% dos nossos clientes cresceram em um mercado em crise. Sim, eu disse: 100%, mas neste período há empresários que fecharam as portas. Por isso, quem souber agir corretamente pode ter um retorno extremamente lucrativo não importa o mercado. O que realmente importa é estar preparado para ele, com estratégias e ações táticas que maximizem as oportunidades, e evite os contratempos.

Você está pronto para abraçar essa oportunidade?

Sua imobiliária está preparada? Sua equipe treinada?

Sua marca está no top of mind?

Seu planejamento estratégico comercial para 2018 está pronto?

Reconhecer este cenário e transmiti-lo com segurança para seu cliente investidor, é apenas o primeiro passo. Um mercado aquecido de nada vale para aqueles que preferem não se preparar. Afinal, planejar é mais do que estabelecer aonde você quer chegar, mas também quando você quer chegar lá, como se dará esse processo, e assim poder aproveitar ao máximo as boas circunstâncias e evitar os dissabores.

Saber exatamente o que melhorar exige uma análise real das circunstâncias vigentes. Um bom começo é respondendo perguntas básicas para formar um cenário na sua cabeça, e poder proporcionar uma visão. Algumas perguntas chave para o seu planejamento estratégico comercial:

Quais os meses, ou trimestres, mais propícios a vendas? No próximo ano teremos Copa do Mundo e eleições, são dois eventos que apesar de não estarem diretamente relacionados ao mercado imobiliário, influenciam resultados.  A Copa do Mundo tem normalmente o efeito negativo, tirando o foco, e com muitos feriados no período. Já o ano de eleições faz circular dinheiro, aquece o mercado, mesmo estando em um país dividido, e com uma crise mais política do que econômica, precisamos ficar atentos as estes eventos.

Olhar o seu histórico, seu caldeirão de vendas e se perguntar: Quais os clientes atuais podem ter mais oportunidades de venda exploradas? O que os seus clientes estão buscando?  Saber o que seus clientes estão buscando e ter uma carteira e uma captação direcionada resolve parte da sua venda.   Defina prioridades de ataque: lançamentos ou terceiros?

Avaliação e acompanhamento 

Como estão as vendas? Como estes números aconteceram?

Como estão seus principais indicadores?

Após a implantação do seu planejamento imobiliário, lembre-se que ele não é estático, e deve e pode ser avaliado e reajustado a realidade. Como gestor de vendas você proprietário de imobiliária precisa constantemente avaliar, não apenas os resultados quantitativos (vendas, números, metas), mas também os qualitativos, que são avaliações mais subjetivas, mas não menos importantes, e que responde ao porque, (porque as metas foram atingidas ou não), sempre buscando melhorias e adaptações que possam favorecer melhores resultados.

Lembre-se de manter um período de tempo para avaliar de maneira mais precisa. Estes são alguns indicadores que podem ser acompanhados:

– Número de contatos realizados;

– Número de vendas realizadas;

– Faturamento das vendas;

– Quantidade de negociações iniciadas;

– Quantidade de negociações em andamento;

– Quantidade de clientes perdidos.

Oferta x Demanda

Ninguém tem dúvidas que o aumento da demanda reflete diretamente no reajuste de preço. Em um período onde os estoques de imóveis eram altos, o preço se manteve estável e até mesmo caiu. Incorporadoras e construtoras sofreram nos últimos anos, e os lançamentos praticamente pararam. A oferta de imóveis novos tende a ter uma redução drástica e mesmo que se recuperem o efeito só será sentido a partir de 2020, ter uma boa carteira de imóveis de terceiros, com uma captação focada e direcionada a atender o perfil do seu cliente, fará toda a diferença.

No link abaixo você pode baixar o infográfico elaborado pela nossa equipe de Rosalvo Barreto que o ajudará na formulação destas perguntas. Há ainda diversos cursos no mercado, e também nosso curso Gestão Estratégica e Comercial na Imobiliária direcionado só para proprietários de imobiliárias, caso queira se aprofundar no assunto e ter um melhor direcionamento.

Baixe o infográfico: Planejamento Estratégico Imobiliário: passo a passo

Compartilhe esse Artigo

Rosalvo Barreto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *